Sardão

Timon lepidus

É o maior lagarto ibérico, podendo atingir até 80 cm de comprimento total, dos quais cerca de 1/3 correspondem à cauda. O seu peso pode atingir 0,5 kg. É um lagarto muito robusto, com um padrão cromático dorsal geralmente muito vistoso em tons de verde vivo combinado com ocelos negros. Nos flancos surgem algumas fiadas de ocelos azuis orlados de negro. É nativo do sudoeste europeu, nomeadamente da Península Ibérica, embora se estenda um pouco pelo sul de França. É um bom trepador, embora prefira deslocar-se no solo. Os machos são muito territoriais, ocorrendo frequentes escaramuças entre eles durante o cio.

Habitat:florestas de coníferas e caducifólias, mas é mais comum em zonas de floresta mediterrânica. Também ocorre em zonas ribeirinhas, lagos e sapais. Prefere locais com abundância de abrigos e com boa exposição solar.

Alimentação:insetos, lagartixas, cobras-de-água e outros répteis, pequenos mamíferos, ovos e crias de aves. Os adultos por vezes predam os juvenis da sua espécie.

Predadores:aves de rapina, como o peneireiro-vulgar e a águia-de-asa-redonda, cegonhas, ou, mamíferos como a gineta e a lontra.

Estatuto de conservação: pouco preocupante.