Salmão

Salmo salar

É um peixe bem conhecido pela sua apreciada carne, pela proeza de nadar contra a corrente dos rios e pelo seu ciclo de vida, no qual a morte sucede à reprodução na maioria dos casos. Os machos apresentam o focinho saliente e aquando da maturação sexual, os maxilares curvam-se, especialmente o inferior, não sendo possível ao animal fechar a boca. Os salmões adultos atingem desde 40 a 120 cm de comprimento, tendo já sido capturados exemplares com 160 cm. Os jovens, quando abandonam os rios para descer ao mar, não têm mais do que 15 a 20 cm de comprimento. É um peixe migrador anádromo, o que significa que vive toda a sua vida no mar, deslocando-se na época de reprodução para os rios, onde efectua a postura. A época de subida dos rios é variável, podendo efectuar-se de Outubro a Julho, chegando primeiro os indivíduos de maiores dimensões. 

Habitat: vive no mar até atingir a fase adulta e sobe os rios para realizar a sua reprodução em águas frias, bem oxigenadas e não poluídas.

Alimentação: na migração anádroma, os adultos não se alimentam e no mar alimentam-se de krill. Nas fases juvenis e alevins, nas águas doces, alimentam-se de macroinvertebrados aquáticos (crustáceos e insetos aquáticos) e também as sementes do amieiro que caem na água.

Predadores: peixes, aves, mamíferos (como a lontra e o Homem).

Estado de conservação: criticamente em perigo.