Rato-do-campo

Apodemus sylvaticus

O rato-do-campo é um roedor oportunista, capaz de ocupar uma grande variedade de biótipos naturais. O seu dorso possui uma coloração pardo-amarelado, com alguns laivos avermelhados e o ventre é branco-acinzentado. As suas orelhas e olhos grandes são duas das características mais proeminentes desta espécie assim como o tamanho das suas patas posteriores em relação ao tamanho do corpo. O rato-do-campo é uma espécie difícil de observar devido aos seus hábitos noturnos e ao seu caracter esquivo. Os seus dejetos são pequenos, cilíndricos, de coloração castanha-clara e medem cerca de 0,4 cm de comprimento.

Habitat: bosques (caducifólios, pinhais, carvalhais, montado de sobro e azinho, etc.), zonas de mato, galerias ripícolas, sistemas dunares, pradarias de erva alta, áreas agrícolas e até zonas sub-urbanas. Coloniza praticamente todos o tipo de habitats, incluindo espaços construídos

Alimentação: bagas, frutos, sementes (castanhas, bolotas, pinhões, etc.), caracóis, minhocas e insectos

Predadores: Rapinas noturnas, carnívoros (raposa, geneta) e algumas cobras.

Estatuto de conservação: não ameaçada (NT)