Lontra

Lutra lutra

A lontra é um mamífero semiaquático e muito bom nadador. É o mamífero mais emblemático presente ao longo das zonas ribeirinhas. Possui uma pelagem impermeável, que a par com as diversas camadas de gordura, lhes permite passar longas horas na água e suportar as águas mais frias características dos rios de montanha. É um animal muito territorial, que vive solitário na maior parte do ano. A dimensão dos seus territórios varia entre 1 e 40 km, em função dos recursos alimentares disponíveis. As marcações territoriais são facilmente reconhecíveis, pois usam os seus característicos dejetos para esse efeito, depositados em pontos salientes ao longo das margens dos rios e lagos onde habitam. Os territórios são exclusivos apenas para membros da mesma espécie, pelo que machos e fêmeas podem coexistir num mesmo troço de rio. Animal muito bem adaptado à vida aquática, apresenta um conjunto de características morfológicas que lhe facilitam a vida na água. Por exemplo, quando a lontra mergulha, os seus ouvidos e fossas nasais fecham hermeticamente.  Os seus olhos ajustam-se à visão aquática, através da regulação da curvatura do cristalino, o que lhe permite a formação de imagens focadas dentro e fora de água.

Habitat:rios, ribeiras, sapais, pântanos, charcos, albufeiras, lagoas, canais, barragens e açudes até locais com água salgada e salobra como zonas costeiras e estuarinas.

Alimentação: peixe, anfíbios, répteis, aves aquáticas, pequenos mamíferos e invertebrados como lagostins, caranguejos e insetos.

Predadores: não se conhecem predadores naturais.

Estatuto de conservação: pouco preocupante.