Bufo corredor

Epidalea calamita

Pequeno sapo, geralmente de hábitos noturnos. Durante a época de reprodução, está ativo também ao crepúsculo e durante o dia. Fora do período reprodutor, passam o dia enterrados, em terrenos arenosos ou em terra solta. As suas patas posteriores são relativamente compridas, o que lhes dá uma marcha característica. Ao contrário da maioria das outras espécies de sapo, deslocam-se não por saltos, mas por pequenas corridas, sendo por isso chamado de sapo-corredor. Os sapos-corredores voltam ao mesmo charco ano após ano para se reproduzirem. Como todos os anfíbios, são animais muito úteis para a agricultura.

Habitat: característico de zonas arenosas e zonas de charneca, embora possa aparecer em zonas de alta montanha, especialmente em locais abertos, com solos pouco compactados. Apesar de preferir habitats com alguma humidade, é também uma espécie comum em ambientes dunares. Durante a reprodução, utiliza preferencialmente pequenos charcos temporários de escassa profundidade.

Alimentação: escaravelhos, moscas, minhocas e larvas de insectos. As larvas são essencialmente herbívoras e detritívoras.

Predadores: cobras de água, víboras e várias aves de rapina (milhafres, tartaranhões, águias, mochos e corujas), lontra.

Estatuto de conservação: pouco preocupante.